Rio de Janeiro – 12 coisas / atividas imperdíveis na Cidade Maravilhosa

Eu costumo dizer que sou uma francesa-carioca e devo dizer que chegando no Rio, você pode ler ou achar facilmente 12 coisas para se fazer na cidade maravilhosa. Mas, depois de tudo o que vi e conheci, posso afirmar que 12 coisas são quase nada porque a cidade maravilhosa tem tanto a oferecer que eu garanto fortemente que nem os cariocas conhecem tudo na cidade. É por isso que listei aqui não 10 coisas mas as 12 coisas mais imperdíveis para quem vem passar alguns dias no Rio de Janeiro.

Mirante Dona Marta Rio de Janeiro Brasil

pôr do sol ipanema

Se você veio para as Olimpíadas Rio 2016, você com certeza não veio somente por causa dos jogos, veio? Não! Eu sei, mas sim porque os jogos são no Rio de Janeiro, então tá, ótima razão e concordo plenamente.

Como você não vai ficar em estádios e arenas 24 horas por dia, com certeza vai querer saber o que fazer na cidade e conhecer alguns lugares legais que você possa ir e tirar belíssimas fotos e dizer “Eu fui ao Rio”. Vou contar para você sobre os lugares que me apaixonei no Rio, cada um deles, ao chegar, ao ver, ao respirar o ar da cidade carioca  que me conquistou e transformou. Vamos lá

#01 – Corcovado | Cristo Redentor

Cristo redentor Rio - Brasil

Christ Rédempteur Rio - Brazil

Cristo Redentor Corcovado Rio de Janeiro Brasil

Muita gente chama de Corcovado e algumas outras de Cristo Redentor, ué, mas qual é o certo?

Os dois estão certos mas na verdade se tratam de duas coisas diferentes: o Corcovado é o morro, que tem os seus incríveis 710 metros de altura e que possui uma floresta linda, a floresta da Tijuca, que vale a pena ser explorada com suas cachoeiras e mata.

O morro do Corcovado é um local aonde a natureza vive em paz e quando você chega lá você simplesmente desacredita que está na cidade do Rio de Janeiro, é sim, está, pode acreditar. O incrível é que até o clima muda, as temperaturas são mais frescas, mesmo no calor.

O trenzinho do corcovado  é uma atração que conquistou a todos, foi inaugurado em 1884 pelo imperador Dom Pedro II e percorre 3824 metros de linha elétrica, o que é bom e ecológico.

Trem Corcovado Cristo

Trem Cristo - Corcovado rio

Já o Cristo Redentor é a Estátua do Cristo, que tem 38 metros e que foi inaugurada em 1931, se transformando em símbolo principal da Cidade Maravilhosa, virou a identidade e fica de braços abertos dando boas vindas para todos os que chegam na cidade.

Assim que cheguei ao Rio de Janeiro eu quis logo conhecer e minha experiência foi incrível porque fui a pé, bom, há várias maneiras de chegar mas imagina só, você fazer a trilha como os brasileiros, quer dizer, como os cariocas, e aí você se sente porque todos os gringos vão fazer apenas o percurso normal.

Eu comprei duas garrafas de água de 2L ao lado da entrada do trem do Corcovado, no Cosme Velho e aí fui para a entrada, maravilhada que estava a ponto de chegar lá. Entrei na Rua Smith de Vasconcelos, que fica ao lado mesmo da entrada do trem, e fui andando até a Rua Filinto de Almeida que é uma rua meio que ladeira e tem muitas curvas, mas ali você começa a ver as primeiras vistas da cidade sendo reveladas, bem ao longe e aí quando você chega ao final você vai saber porque você verá a linha do trem do Corcovado, isso se você também ver o trem passando na hora.

Ali na trilha do Corcovado  você só tem que continuar o caminho, é muito incrível e verde, do nada você vê que saiu da cidade, acabou de descer de um táxi ou ônibus e de repente se vê em uma floresta de verdade  com micos e até cobras, é, eu vi umas e foi o meu maior medo. 

O caminho é incrível, você ouve todos os tipos de pássaros e vê muitos tipos de árvores diferentes com frutas que eu nunca tinha visto na Europa, bom, dois avisos de cuidado que tenho que passar:

Primeira Dica

Olhe sempre pra cima porque as árvores de jacas, as jaqueiras, são super altas e as jacas são frutas muito deliciosas, mas são pesadíssimas e você vai perceber que são duras, pontudas e vai ver que elas caem com frequência no chão, então, não quer uma caindo em você né, cuidado.

Segunda Dica

Evite encostar na linha elétrica, apesar de sempre ter que seguí-las pra poder chegar lá em cima tranquilamente, nunca encoste nelas e por isso, sempre vá de tênis.

O caminho é meio cansativo pois é uma subida constante mas posso dizer que não tanto quanto o final do trajeto. Sim, o final é a prova mais difícil.

Você vai passar por algumas pontes muito altas, então para passar tranquilamente indico que esperem o trem vir pra não correr o risco de ele vir quando você estiver lá na ponte, pode ser muito perigoso.

Você vai chegar até um lugar depois de um tempinho, onde é possível ver um estacionamento, sim! Ali você chega na bilheteria, é também onde você vai ficar se caso for de táxi então pode ficar por ali mesmo e comprar o seu ticket e ir na van do Cristo Redentor  que é grátis e te leva até a entrada, lá em cima. Mas se caso você quer aventura siga em frente pela trilha, ah sim, aí você vai ter uma vista linda quando estiver próximo do ponto de chegada – nossa! E o melhor, só você! 😉

Assim que chegar no Cristo, ou pelo trem ou pela trilha, aproveite ao máximo, a vista é a coisa mais linda que você vai ver no Rio de Janeiro, vai ver as praias, a Lagoa, o maracanã, tudo no Rio de Janeiro, até o Pão de Açúcar, logo na frente, eu indico primeiro ir ao Pão de Açúcar e depois ao Cristo pra deixar o melhor por último.

Depois que estiver lá em cima, aproveite ao máximo pra tirar ótimas fotos. Tente ir durante a semana, bom, na verdade o Cristo sempre está bem cheio, vá durante a parte da manhã mas também aconselho ir no finzinho da tarde, pra além de ver a cidade ao claro você vai apreciar o Pôr do Sol  lá de cima e ainda ver a cidade durante a noite, é a coisa mais linda que tem!

Para chegar ao Corcovado  você desce na Estação de Metrô Largo do Machado  e pega um ônibus do metrô logo ali na saída da estação, que passa no Cosme Velho, o motorista com certeza vai saber aonde parar, Rua Cosme Velho 513.

Você também tem a opção de pegar a van do Cristo Redentor (Van Oficial) na praça do Lido  em Copacabana  e comprar o bilhete ali mesmo, ou se quiser comprar online pode clicar aqui.

Os preços são de R$56,00 na baixa temporada e R$68,00 na alta temporada.

#02 – Pão de Açúcar

http://www.bondinho.com.br/site/wp-content/uploads/2013/07/foto_01.jpg

Foto @bondinho.com.br

Pao de açúcar Rio

Pao de açúcar Rio de Janeiro Brasil

O pão de Açúcar, nossa, esse é um ponto que me chama muito a atenção no Rio de Janeiro por ser um lugar completamente fora de rota do caos da cidade, fica bem ali na praia Vermelha, a qual já falei nesse post aqui.

O Pão de Açúcar é na verdade apenas o morro pontudo que é o mais alto com 396 metros de altura. Ele é muito usado por alpinistas que adoram subí-lo e é normal você estar lá em cima e de repente ver uma pessoa chegando pela pedra haha.

O Pão de Açúcar é um símbolo da Cidade junto com o Cristo Redentor e quem vê do Aterro do Flamengo vai ver que ele tem uma forma como se fosse uma mulher deitada, sendo o Pão de Açúcar a cabeça, e o morro da Urca o corpo.

Você  chega no Pão de Açúcar pela praia Vermelha, é só pegar qualquer transporte que vá até a Urca e descer na praia Vermelha, lá você vai ver a entrada nada pequena da estação que leva até o morro da Urca. Eu aconselho ir pela pista Cláudio Coutinho, como falo nesse post aqui. Mas você pode já comprar os tickets na estação da praia Vermelha e subir por lá mesmo, é ótima a sensação de subir e é bem rápido e seguro. Os bondinhos dão a sensação de que você está voando sobre o morro e todo aquele verde bem ali embaixo dos seus pés.

Lá no morro da Urca você vai ver várias lojas de souvenirs e uma vista bem legal da cidade e uns lugares para um lanche mas quem quer ficar parado ali no meio do caminho?

Suba até o morro do Pão de Açúcar e aproveite a vista linda que você terá de toda a cidade porque eu aproveitei – e de lá vi todo o Rio que me conquistou e me declarei apaixonada pela Cidade Maravilhosa!

A vista que você terá da praia de Copacabana é incrível, a cidade parece até mais bonita quando vista lá de cima, é um overview completo também, né?

Para chegar ao Pão de Açúcar  você pode ir, como eu já falei, até a pista Cláudio Coutinho e pegar a trilha de acesso até o morro da Urca, que leva em torno de 50 minutos até chegar e logo depois seguir em frente com o bondinho até o Pão de Açúcar.

Quando eu fui com meu irmão brasileiro ele me levou pela trilha porque as filas são enormes, então, até que você compre os bilhetes e pegue o bondinho vai demorar, não é só a fila dos bilhetes, tem ainda a fila pra entrar nos bondinhos – a trilha é a melhor alternativa mas você só vai até o morro da Urca, de lá você tem que comprar bilhetes lá em cima pra chegar no Pão de Açúcar, mas aí é tranquilo, não tem fila e você paga apenas uma vez e pela trilha até você vai ver natureza, como eu que encontrei o quê? Um macaco! haha

#03 – Jardim Botânico & Parque Lage

       Jardim Botânico

JARDIM BOTANICO Rio de janeiro

jardim Botanico Rio

jardim Botanico Rio de Janeiro Brasil

Bronze de gringa que tomava sol todos os dias

O jardim botânico do Rio de Janeiro é um lugar perfeito na cidade pra famílias e crianças, muito verde e está em uma área  de 54 hectares que possui mais de 6500 espécies de plantas do Brasil e do mundo.

Aqui você pode caminhas pelas pequenas ruas que se encontram em lagos, pracinhas e monumentos dentro do jardim, como o chafariz central.

Aqui existem muitas palmeiras gigantes e também umas construções em pedras que dão um charme muito especial ao lugar.

Você consegue respirar um ar puro e fresco e é seguro e você verá os guardas por todos os lados.

Aqui você consegue ver espécies de mico e também araras coloridas, várias espécies de pássaros  que sobrevivem aqui fugindo da poluição da cidade, claro, a cidade é um caos, então os animais e até as pessoas se abrigam aqui. Eu achei perfeito pra um dia de calma, um ótimo passeio pra quem quer tranquilidade e sossego.

O jardim botânico fica aberto ao público todos os dias de 8h00 até às 17h00 e o valor da entrada é de apenas R$10,00.

Para chegar ao jardim botânico  você pode pegar qualquer ônibus que passe pelo Jockey Club e salta na Rua Jardim Botânico 1008.

De metrô você desce em Botafogo e pega integração para o Jockey.

       Parque Lage

O parque Lage é um dos lugares mais bonitos do Rio pra mim: ele é imenso e tem uns 52 hectares. Se no Rio você pensar em fazer um piquenique, ir a um lugar com verde, tranquilo e sem barulho ou trânsito; o Parque Lage é com certeza uma alternativa para você.

Aqui você vai entrar e ver a construção principal que tem uma piscina no meio, um lugar diferente mesmo e que eu acho lindo. Dentro do edifício, que abriga uma escola de arte, há um restaurante que serve refeições muito boas. As 3 vezes que fui comi super bem: era bem servido e muito gostoso. E se você não quiser ficar e comer no local, então tome o seu café rapidinho e explore o parque. 

Você vai poder andar pelo parque e ver as atrações como o aquário em caverna  que tem várias espécies de peixes  e até algumas cobras bem interessantes ali. É tanto verde que você sente a calma do lugar, mas aí você pode também aproveitar para levar um parceiro e namorar, é, o lugar é completamente romântico e propício a isso, mas calma lá, é lugar de famílias então comporte-se! 😉

Você vai perceber que ele é bem encostado no morro do Corcovado e dá pra ver o Cristo de lá, pois bem, tem uma trilha que leva, um lugar meio secreto mas muito legal pra fazer uma aventurinha e chegar até o Corcovado.

Para chegar ao Parque Lage  você deve fazer o mesmo trajeto do jardim botânico mas saltar do ônibus na altura do número 414 da Rua Jardim Botânico.

#04 – Vista Chinesa

Imagina um lugar no Rio de Janeiro, depois de já ter visto maravilhas e maravilhas e imaginar que ainda há um lugar que vai te surpreender, ok, se eu falo algo mais como natureza, vista de praias, ok, sim, mas esse lugar tem algo que você vai adorar.

A vista chinesa encanta quem passa pela estrada da vista chinesa  sem querer e acaba estranhando uma construção típica da China  no meio da estrada. Sim! Um mirante muito diferente e lindo, todo em detalhes chineses que foi construído há mais de 100 anos atrás em homenagem aos chineses que vieram de Macau para cultivar chá no Brasil.

Assim que você chega lá, como eu, fica maravilhado com a vista que é oferecida ali, nossa, muito lindo, o Rio se mostra de verdade ser um lugar que Deus teve um ataque de criatividade quando desenhou. O Cristo Redentor, Pão de Açúcar, as praias, todas li, na sua frente, e muito mais, um mirante aonde você tira fotos do Rio inteiro e com certeza vai pendurar em um lugar especial em casa. Eu fui lá grávida e é um lugar meio longe, também, pra se ter a vista, tem que ir alto. Aconselho ir quando o céu estiver limpinho e azul pra você conseguir ter uma visão clara e completa da cidade porque se for com o tempo nublado você vai dar de cara com as nuvens. E uma outra dica é, vá cedo porque não é muito bom ficar dirigindo à noite por ali.

Para chegar até a vista chinesa  você deve ir pelo Jardim Botânico e entrar na Rua Pacheco Leão, lá você vai ver sinalizações para a floresta da Tijuca, só seguir que você vai sair lá na vista.

Se vier pelo lado da Barra, aí você pega pelo Alto da Boa vista e segue, também vai sair lá.

#05 – Tomar uma Caipirinha & se bronzear em Ipanema

Em Ipanema você tem a chance de ficar da cor do verão, da cor do pecado e é assim que eu faço a cada vez que venho, não importa o dia, enquanto houver sol, o sol do meu Rio de Janeiro, eu irei me bronzear e pegar a cor do Rio em mim 😀

É normal ver as cariocas com seus corpos expostos ao sol e seus biquínes pequenos pra fazer as famosas marquinhas, sim, marquinhas. No Rio é cultura, é bonito ter marquinha, então todas querem ter e aí passam bronzeador e lá vão elas para o sol. Bom, eu também não fico de fora, aproveito o sol carioca e deixo a vida passar.

Agora, imagina só, em Ipanema você tomando o seu solzinho e chegam vendedores com caipirinhas fresquinhas servidas em bandeja pra você enquanto você relaxa, sem precisar fazer esforço algum, apenas se deliciar com uma caipirinha ou caipivodka de qualquer sabor que escolher. Ah! Acabou? É só pedir mais. 😉

Caipirinha Ipanema

praia de Ipanema - coisas imperdíveis no rio

Ipanema - Leblon - Rio de Janeiro Brasil

praia de Ipanema - coisas imperdíveis no rio

#06 – Mirante Dona Marta

https://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/7/75/Mirante_Dona_Marta.jpg

https://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/7/75/Mirante_Dona_Marta.jpg

Vamos lá, Rio 360 Graus, é assim que vejo o Rio, 360 graus, então tá! A 360 metros acima do nível do mar está o Mirante Dona Marta, mirante que normalmente antecede a visita do Cristo. Pra quem já foi de táxi e viu que os taxistas levam lá também.

Esses últimos anos o mirante Dona Marta virou uma atração muito popular no Rio e era até desconhecido pelos turistas mas como oferece uma vista incrível da cidade acabou caindo no gosto de muita gente do mundo todo.

Do mirante você consegue visualizar o Rio como se tivesse dado um Zoom na vista do Cristo, daqui você vê Botafogo, o Pão de açúcar, o Parque do Flamengo, um pouco do centro, enfim, a vista é realmente linda, sempre. O Rio de Janeiro, como você percebeu, tem sempre um cantinho de onde se pode vigiar a cidade de qualquer ângulo, é perfeita para as câmeras e lentes que procuram imagens deslumbrantes, com certeza merece ser registrada e daqui do Dona Marta os clicks não param.

Aqui no Dona Marta você pode pegar um voo de helicóptero  pra visitar o Rio de Cima  também, fantástico! Puseram o voo saindo daqui porque sabem que quando você estiver aqui e ver o Rio lá embaixo não vai resistir a não ver mais um pouquinho do alto, né?! Não ligue, não vai estar perdendo nada!

Para chegar no mirante Dona Marta  você tem apenas duas alternativas:

#A primeira

Vá de carro: Se você for de carro tudo o que precisa fazer é seguir a estrada das Paineiras, a mesma que leva ao Cristo, não tem erro, você vai chegar rapidinho, e claro, so for de táxi, o taxista vai levar por esse caminho também.

#A segunda

Vá de trilha, isso mesmo, mais uma trilha, não canso de falar né? Haha com razão, as trilhas do Rio são incríveis, uma oportunidade de caminhas pela natureza e ver que essa, aqui no Rio é rica demais e claro, até encontrar pessoas locais e ver algumas comunidades e conhecer um pouco do dia a dia delas.

A trilha  até o Dona Marta começa na comunidade do Dona Marta, siga até lá e pegue o bondinho e quando chegar ao topo você verá sinalizações para a trilha, ali você pode seguir até o mirante. A trilha leva uns 40 minutos.

#07 – Trilhas & Vistas Sensacionais

            Pedra da Gávea

A pedra da Gávea, aquela pedra que você vê com uma ponta quadrada de muitos cantos do Rio, isso, aquela mesmo, é, ela é a famosa pedra da Gávea, a maior ao lado do mar no mundo inteiro, eu disse no mundo inteiro. São 842 metros de Altura, a única que consegue bloquear alguém de ver mais longe do Cristo Redentor, então tenha em mente de que aqui você vai conseguir ver além do que não viu lá do Cristo e te garanto, é muito lindo. Você vai ver um outro Rio de Janeiro porque daqui você vê as praias que os turistas não conhecem e como vai estar de longe vai conseguir perceber a diferença até na cor da água do mar, que é mais limpa pro lado da Barra.

Não subimos na pedra da Gávea pois esses últimos 2 anos estive grávida duas vezes. Porém, sei que a trilha e a vista valem muito a pena serem feitas.

Chegar aqui é uma conquista, você considera que ganhou uma medalha de escoteiro e que está mais forte. 😉

A pedra da Gávea tem várias trilhas e acessos, mas essa aqui eu recomendo que você vá apenas com um guia ou alguém que você tenha certeza que conheça o lugar e tenha experiência em vir porque se perder aqui, é muito mais fácil do que você pode imaginar.

São 2500 metros de trilha e não é tão fácil não porque a subida é considerada muito difícil mas não pare de pensar na vista que vai ter lá de cima, é daí que vem o fôlego rápido. A subida demora mais ou menos 3 horas para ir e um pouco menos para voltar. 

Não deixe de levar pelo menos 2 garrafas de 2L de água por pessoa, é muito importante beber água ali, o corpo vai pedir, e vai pedir mesmo!

Para chegar até a Pedra da Gávea,  o melhor caminho é na Estrada do Sorimã, na Barra da Tijuca.

     

           Morro Dois Irmãos

O morro dois irmãos é peça fundamental no visual carioca, de Ipanema então nem se fala até porque é atrás dele que o sol descansa ao se pôr e ser assistido a partir da Pedra do Arpoador e também está estampado claro, no logotipo de um dos meus lugares favoritos no Rio, não é pra rir, o Shopping Leblon, sim, meu lugar favorito de compras tem o Dois Irmãos como logo.

Assim sendo já podemos ver que ele é muito especial, querido e essencial para o Rio, principalmente como cenário.

O morro Dois Irmãos abriga a comunidade do Vidigal, comunidade do Rio. ele tem 533 metros de nível acima do nível do mar e tem uma natureza exuberante com algumas espécies de plantas exóticas e até quase por serem extintas.

Quem quiser explorar um pouco mais pode fazer a trilha que dá acesso ao topo e fica no Vidigal.

Para chegar ao Dois Irmãos você deve entrar no Vidigal, ir até a vila Olímpica do Vidigal e entrar na trilha que começa um pouco nível hard, sim, difícil por conta das plantas que são muitas e coçam e por isso é bom ir com roupas adequadas e claro, cuidado com o mato ao seu redor, muitas plantas têm espinhos e aí você pode se furar facilmente, mas como dizem aqui e eu aprendi – “se está na chuva é pra se molhar”.

A trilha tem 1.5km d extensão mas você vai levar umas duas horas pra chegar até o topo e chegando perto do topo você vai ficar exposto ao sol então um protetor vai fazer toda a diferença, oh se vai!

Assim que chegar olhe para a Lagoa Rodrigo de Freitas e aí eu deixo uma pergunta para responderem nos comentários – qual o formato que a Lagoa tem vendo do morro Dois Irmãos?

Com certeza uma das melhores trilhas pra quem quer fazer uma trilha com ótima vista e que não seja tão difícil.

#08 – Andar em Santa Teresa

Lapa Rio de Janeiro Brasil

Santa Tereza é o bairro boêmio da cidade do Rio de Janeiro, o Bairro aonde a música conquista a noite e o dia é repleto de turistas e vida enquanto os bondes circulam  com pessoas curiosas que logo se adaptam ao ritmo único de Santa Teresa, encantados com o diferencial, que são bares lotados e de tradição, construções antigas, até casas e mantidas assim, ateliês e muita arte envolvida.

O bondinho  é um dos principais atrativos e circula por todo o Bairro, vale a pena pegar ele ainda lá na Lapa  e subir pelos arcos até Santa Teresa, e claro, você vai ver os locais pulando nele com ele em movimento, não, não tente fazer igual haha.

Você tem que ter um dia inteiro  pra poder explorar o bairro e nunca vai ser o suficiente por ter muita coisa pra ver e comer também, é claro como a feijoada do bar do mineiro, nossa, como eu amo feijão, não tem nada mais que eu não possa recomendar, mas também não posso deixar de mencionar no nossa famoso Aprazível, esse sim é o lugar, e lá você vai ter um menu recheado de delícias do Rio, tira-gosto  que ninguém pode pôr defeito.

Agora, você pode também aproveitar pra visitar o Parque das Ruínas  e o Museu Chácara do Ceú  que são praticamente ligados. São um símbolo da arte em Santa Teresa e certamente você tem que conhecer.

Agora, não deixe de ir na maior das artes de Santa Teresa, a escadaria Selaron, nossa, ela é toda de azulejos  cuidadosamente postos a mão e cada um de um lugar diferente do mundo fazendo da escadaria um point único da cidade.

Para Chegar até Santa Teresa  você pode descer na estação de Metrô da Cinelândia  e continuar até a estação do Bondinho ou mais aconselhável ir de táxi mesmo ou pegar qualquer micro ônibus que passe em Santa Teresa.

#09 – Escadaria Selarón

Essa escadaria que fica na Lapa, bairro da night carioca é símbolo do Rio por sua incrível história, onde Jorge Selarón, um chileno que não contente com a feiura da frente de sua casa, decidiu redesenhar a estrutura, mal sabia que iria acontecer isso, ficar famosa no mundo inteiro.

Ele ‘azulejou’ os 215 graus da escadaria com mosaico e foi ficando conhecido no mundo e acabou até recebendo azulejos de vários lugares do planeta como vimos quando fomos.

Infelizmente ele faleceu em 2013 mas a sua obra com certeza está viva até hoje e já foi até filmada em clips do Snoopy Dogg e do U2.

Eu achei linda a escadaria e com certeza deu um charme no bairro da Lapa

Escadaria Selarón

Escadaria Selarón

Escadaria Selarón

Escadaria Selarón

#10 – Pôr do Sol em Ipanema visto da Pedra do Arpoador

Ipanema, minha praia favorita no Rio de Janeiro, logo ali durante o dia enquanto tomo meu sol pra me bronzear vejo a pedra do Arpoador, é, é pra lá que eu vou por volta de 17h30 ou 18h00 pra conseguir meu lugarzinho sentada na pedra, olhando em direção do Dois Irmãos. Sim, você também vai perceber e ver que pouco a pouco começa a encher, mais e mais pessoas, nossa, parece que é uma arquibancada de estádio de futebol, aonde o pessoal chega pra assistir a partida.
Aí começa o show, todos atentos e aí o céu vai ficando laranja e o sol vai descendo, se escondendo, até que se põe e aí é lindo e você vai ver algo incrível que acontece todos os dias, as pessoas aplaudem, todos os dias, chega a dar arrepio! Ah! É nessas horas que penso, amo o Rio de Janeiro mesmo!

por do sol ipanema

Ipanema Leblon Rio de Janeiro

Por do sol Rio Ipanema

#11 – Assistir a uma partida de Futebol

Quem nunca ouviu falar do Maracanã? Isso, já foi até o maior estádio do mundo, casa da seleção brasileira. O futebol brasileiro, principalmente o carioca é centro das atenções dos moradores. Se você vai em um sábado ou domingo à tarde em algum bar no Rio é normal ver o pessoal concentrado na frente da telinha assistindo a um jogo enquanto tomam uma cerveja gelada e comem um petisco. Sim, não tem futebol sem cerveja.
Os 4 times grandes do Rio são a sensação, os cariocas se dividem entre Botafogo, Fluminense, Vasco e claro, Flamengo, esse que tem o maior número de torcedores no Rio. Se você está no Rio, vá até o Maracanã assistir a um jogo do Brasileirão ou até mesmo do campeonato carioca, mas se tiver a chance, não deixe de assistir aos clássicos como o FLA-FLU (Flamengo vs Fluminense) e Vasco vs Flamengo (esse sim pega fogo!) Rivalidade total que esvazia as ruas da cidade, todos torcendo e vibrando, agora, quando sai um gol, nossa, tudo treme, vozes ecoam e gritam mesmo! Esse é o futebol que está nas veias do Rio de Janeiro.

Eu tive a sensação de assistir a um jogo no Maracanã, e adivinhem, olhem a foto e me deixem nos comentários, quem estava jogando?? 😀

futebol

futebol brasil frança

Rio Janeiro Brasil - Futebol

Vasco Fluminense Rio Brasil

Vasco: Vice para Sempre hehe

#12 – Salto de Asa delta e Parapente

Com certeza se eu tive uma experiência engraçada e divertida em uma aventura no Rio foi aqui. Na pedra Bonita, aonde acontecem os saltos você pode escolher se vai com asa delta ou parapente. Os voos acontecem todos os dias e você sobrevoa o mar de São Conrado e visualiza lá de cima um visual inesquecível, apesar de não ser tão amedrontador, o voo é de onde você tem a vista mais linda da cidade, vale muito a pena ir.
Pra chegar você vai até a praia do Pepino e lá vai ver o pessoal descendo e uma casinha aonde é o centro dos voos. Peça um instrutor, pague, se prepare e ele vai te levar até lá em cima. Daí é só aguardar a vez e, aproveitar o salto que vai gelar a sua espinha mas vai ser algo que vai fazer valer a pena ter feito.

parapente asa delta rio de janeiro

para pente

Leia também esse post da LeveNaViagem com dicas exclusivas do Rio

E aí galera, o post ajudou a planejar o próximo feriado no Rio?
Vamos lá, deixem aí nos comentários:

Qual é o seu lugar preferido no Rio de Janeiro ?

    • Familia Sem Fronteiras says:

      Que legal que gostou Mariliza. Fico super feliz com isso ! Ficara quanto tempo no Rio ?
      Acabei de pensar que não atualizei o post e que vale uma visita na parte nova do centro entre o museu do amanha e das civilizações. Também, pode ate pegar um curso de samba – isso porque sou francesa e que acho bacana demais dançar samba, eu que nem sei-.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You may use these HTML tags and attributes:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>