Melhores praias das Florida Keys

Bahia Honda Big Pine Florida Key

Praia de Bahia Honda I

Vamos para o lugar mais sul do lado tropical americano, ou seja, verão, praia, Keys, ou melhor, praias nas Keys? Quais? Na verdade, não são muitas, então se for pra lá achando que é o que mais tem como no Caribe, não vai gostar muito não.

A maioria das pessoas esperam que as praias das Keys sejam faixas longas e intermináveis de areia branca e fina com águas azuis turquesa por toda a costa – mas estão totalmente errados.

Na verdade, o que encontramos aqui são corais e muitos, o que é ótimo pra quem ama mergulhar e fazer snorkeling pra observar e admirar a vida marinha, mas é o que evita a erosão da terra, que é o que “fabrica” uma praia na natureza.

A maioria das praias aqui são rochosas, com lama, água escura, não por sujeira mas por vegetação como algas e rochas, e até algumas com aparência pantanosa, então não são tão agradáveis pra nadar ou mergulhar.

Mas, há algumas, e não muitas, que são maravilhosas, excelentes mas que pra quem não conhece é super difícil de saber onde estão e como chegar. Então, eis aqui as dicas da Família Sem Fronteiras pra você aproveitar as pouquíssimas praias das Keys, segredo hein! :)

   Far Beach & Cannon Beach

Assim que chegamos oficialmente às Keys, a primeira coisa que queríamos não era apenas dirigir sobre a Overseas Highway e sim ver o que tinha às margens dela, ou seja, praias ou o que mais poderíamos ter reservado pra nossa surpresa.

Vimos que logo em key Largo, a primeira das Keys pelas quais passamos, podemos entrar pra visitar o John Pennekamp Coral Reef State Park, e tem uma entradinha sim, quase dentro do mato, literalmente mas tem uma sinalização com placas avisando que ali é a entrada do parque.

Entrando, vá direto e vai passar até por uma ponte de madeira, onde há muitos, mas muitos caiaques mesmo para alugar, e aí é só alugar o seu e seguir até a Far Beach, uma praia não tão chamativa pra nadar ou entrar na água mas ótima pra caiaque e explorar o ambiente

John pennekamp reef state park Key largo

Christ of the Abyss I Foto incrível @FaveThing.com

.

A praia mesmo tem uma pequena faixa de areia mas ao entrar com o caiaque a coisa muda, só remar e descobrir o que tem por aqui, vai adorar! E o bom é que é acessível a cadeirantes também, com um tapetinho que fica na areia, vindo da estradinha até à água.

Não acabou por aqui, já que entrou no parque, não podemos sair sem ver a segunda praia mais famosa aqui, a Cannon Beach, ou praia dos canhões.

Assim que sair de Far Beach, podemos ver a sinalização, é pertinho, à nossa direita, onde há um estacionamento gigante, e aí é só ver uma vaga, guardar o carro e ir à praia.

A água é de um esverdeado escuro, é limpa, só que é um solo rochoso, mas que é ótima pra fazer snorkeling por conta dos vários canhões afundados aqui desde o século 17!

Há canhões na areia também, o que dá um ar histórico à praia, e a areia é ótima, é perfeita pra se bronzear, logo eu, né, que amo! :)

É um lugar excelente pra vir com crianças por ser segura, calma e também por haver onde comer e se sentar.

far beach

Far Beach @Google

        Key Colony Beach

Conhecer as Keys é um sonho e estar aqui de verdade é sensacional, e ao passar pela Overseas Highway, no marcador de milha 53.5, vá pra sua esquerda e não se arrependa, pois aqui logo na entrada verá uma placa com o seguinte dizer “Honestly Now, What’s Your Hurry? You’re Here”, que traduzindo fica “Honestamente, e aí, qual é a sua preocupação? Relaxa, você está aqui!”

Assim que lemos algo assim, ótimo, chamada pra ação, e pé na estrada porque fiquei super curiosa pra saber o que havia ali.

Entramos pela Sadowski Causeway, e fomos reto, e vimos casas lindas com jardins muito bem decorados com muito verde, e ao chegar próximo à praia, tínhamos 2 alternativas, virar à direita, na altura do condomínio Cay e seguir na W Ocean Drive, onde temos que ir direto pra estacionar no final da rua, onde tem um estacionamento.

Ou ao invés de virar à direita, continuar direto até o final onde só vai ter uma curva à esquerda e ir pela E Ocean Drive e estacionar no final da rua, onde também há um estacionamento.

Nós escolhemos ir pela W Ocean Drive, e que linda a praia, assim que pisei na areia, nossa, que areia fofa e fininha, com água bem clara, azul transparente com peixinhos coloridos já aos meus pés!

Me refresquei ali, em um marzinho de água tão calma que deixei as crianças brincarem à vontade, e aí já sabem, me deitei pra dar um tom mais forte ao meu bronzeado! :) O Bruno também, dessa vez deitou e relaxou um pouco comigo e ficamos ali em um “farniente” maravilhoso, com um sol brilhando e um dia perfeito!

A praia é meio que dividida em pequenas partes, por paredes de pedras, o que ajuda a manter o mar calmo e também dá um certo charme. Juro que adorei Colony Beach e a cidade, com um ambiente bem familiar e com um comércio ótimo, fora que aqui podemos saborear um peixe maravilhoso! E claro, se bronzear em uma praia linda!

key colony beach key west

key colony

        Sombrero Beach 

Depois de apreciar Key Colony Beach, estávamos muito empolgados com essa parte das Keys e já tínhamos lido que a praia de Sombrero era uma das mais famosas e lindas das Keys, e olha só, estávamos a apenas 15 minutos dela, o que?! Fomos pra lá antes que o sol baixasse.

Pegamos a Overseas Highway mais uma vez e agora o Bruno pisou fundo no acelerador e chegamos rapidinho, em quase 10 minutos e quase perdi o boné! 😛

Chegando próximo a Crane Point Museum, no nosso lado direito, já começamos a prestar atenção, pois tem um sinal pra ajudar e aí é só virar à esquerda, onde tem um posto de gasolina e virando, logo na esquina tem uma placa do Bank of America, sem erro!

Assim que entramos nessa rua, já estávamos em Sombrero Beach Road, ou seja, no caminho certo a uma das maravilhas das Keys, a princesinha das Keys.

Assim que chegamos, fomos logo estacionar o carro, pois na praia tem muitos lugares disponíveis. Caminhamos até à praia e pronto, foi uma maravilha ver a areia realmente branca e brilhante refletindo o sol bonito e forte que estava batendo.

Como foi bom pisar nessa areia fofinha, parecia um tapete, onde já sentia que seria perfeitamente confortável pra deitar e me bronzear. Ali eu vi que não poderia apenas passar uma tarde ou um dia, era um lugar que eu teria que passar pelo menos dois dias.

Sabe aquele lugar lindo com uma grama verdinha e bem aparada se encontrando com a areia e logo a frente o mar, que linda a cena! Sem contar os coqueiros que enfeitam a praia, adorei!

A água é bem calminha e rasa, o que é comum aqui nas Keys, e podemos até fazer snorkeling pra ver os peixinhos coloridos que estão por todas as partes aqui no mar.

O ambiente de Sombrero Beach é completamente tranquilo e familiar, e a praia tem uma infra estrutura de dar inveja a muitas outras praias, por ser um lugar que se pode relaxar de verdade sem se preocupar com nada, pois até banheiro tem aqui e também chuveiros, sem falar nas áreas onde podemos nos sentar e fazer um piquenique bem gostoso!

Agora, se não quer ficar tão parado, pode aproveitar as 2 quadras de volley de praia que estão disponíveis aqui, então traga uma bola, vale a pena, e enquanto isso as crianças aproveitam o parquinho ou ficam na areia montando castelinhos!

Só é bom ficar com uma coisa em mente: se vier com crianças, veja bem como está a água pois se estiver um pouquinho agitada, lembre-se de que apesar de tudo que a praia oferece, ela não possui salva-vidas.

Sombrero Beach Marathon Key West

Praia de Sombrero Beach Marathon Key West

       Anne’s Beach

A praia fica bem à beira da estrada mesmo, um bom lugar pra quem não tem paciência de entrar estradinhas a dentro nos parques, pois está logo ali, com a areia bem branquinha já brilhando nos olhos, e claro, o sol batendo!

Como há um estacionamento pra poucos carros, tivemos sorte pra estacionar já que não havia muita gente, o que foi bom, pois estava sol e não é comum estar tão vazia. Mas como eu gosto de tranquilidade fiquei feliz.

Entramos e fomos andar na areia, que é bem fininha, e a água super limpinha, com peixes passando bem aos nossos pés, e a Ella, como adora correr atrás, tentava pegar todos com as mãos. Ela ficou muito feliz e o Nonô louco pra pegar também! :)

Essa praia tem uma coisa de bom, é bem rasinha e isso vai por metros e metros, você entra água a dentro e continua raso, sem preocupação mas claro, não vá tão longe. Eu como não ligo tanto pra nadar, fiquei na areia mesmo. Estiquei minha canga (pois sou uma francesa brasileira, né? Nada de “toalha!”) 😛 e fui logo pegar meu bronze.

Mas não fiquei muito tempo deitada não, pois fui com o Bruno e as crianças andar a praia toda, de ponta a ponta e ver que tem árvores na pequena faixa de areia quase invadindo a água, mas é tudo super limpinho, fiquei impressionada por ser praia beira de estrada.

Mas vi que até essa pequenina praia oferece aos banhistas, visitantes e frequentadores uma ótima recepção, com banheiros e até um local pra sentarmos e comermos em uma mesa!

Portanto deixo aqui uma dica, se estiver na estrada, não deixe de parar aqui e conhecer esse pequeno pedaço de mar em Lower Matecumbe Key, que fica logo depois de Islamorada.

Anne's Beach Islamorada

       

        Bahia Honda State Park & Calusa Beach

Depois de relaxar bem em Anne’s Beach, seguimos caminho em direção à Big Pine Keys, onde no marcador de milha 37, viramos e entramos em Bahia Honda State Park, e assim que entramos através da pequena rua com mata dos lados e próximo à praia deserta, não quer dizer que podemos estacionar ali não.

Podemos simplesmente seguir mais a frente e vemos um estacionamento grande, com um bom espaço pra comportar muitos carros. Aí descemos e fomos caminhando pela praia, que estava linda e maravilhosa! Essa me surpreendeu muito.

As Keys, como sabemos não são ilhas com muitas praias mas as poucas que têm são pequenas, ou rochosas, agora, imagina essa, com nada mais, nada menos do que uma extensão de 4 km de areia de ponta a ponta!

Eu fiquei impressionada por ser tão longa e limpinha, super azul, com um tom transparente mas ao mesmo tempo vivo e com o verde da mata ali, bem ao pé da areia.

A água, bem calminha, apesar da praia ser longa e aberta, então aproveitamos bem com as crianças mergulhando e relaxando, até porque achei a água quentinha. Um lugar paradisíaco, pois assim que estamos na praia, não vemos nada além de verde, areia e mar!

O melhor é que a água é bem rasa, e isso vai água a dentro, onde podemos andar e andar sem nem se quer ter a água alcançando os joelhos, incrível, e os peixinhos sempre nos acompanhando com suas multicores embelezando esse mar que já é um arraso!

O cenário é simplesmente sensacional, com todo um fundo de imagem lindo pra fotos cheio de palmeiras, mas aqui, vendo ao vivo é melhor ainda, onde a natureza ainda sobrevive sem muita presença de nós humanos.

Depois de olhar cada ângulo de Bahia Honda, simplesmente peguei um livro e pronto, bronze mais intenso e relaxar!

Depois ficamos curiosos pra saber como era a outra ponta da praia e fomos andando e chegamos até Calusa Beach, onde tem toda uma infra estrutura, fora que ainda dá pra ver uma ponte antiga que faz do cenário, um cartão postal de Bahia Honda.

A Calusa beach é pequena mas é linda e possui banheiro, chuveiro e até churrasqueiras, e é um paraíso mesmo, com água mais clarinha ainda do que a parte de Honda beach, sendo ainda mais mansa, e bem protegida pela posição onde está, onde o vento não influi muito nas condições da água, dando mais tranquilidade em relação às crianças.

Se está com os pequenos, recomendo ficar aqui em Calusa, onde podem brincar mais à vontade.

big pine Key west

Bahia Onda Key Florida

Calusa beach Bahia Honda Key west

        Smathers Beach

Finalmente chegamos a Key West, nosso destino final e tão desejado. Como estamos aqui, no fim da Overseas Highway, decidimos que antes de qualquer coisa, vamos logo explorar a praia, aquela mais famosa das Keys, ou melhor a mais animada.

Assim que terminamos o trajeto no fim da Overseas Highway, entramos na Rooselvelt Boulevard à nossa esquerda e aí, são 4 km mais ou menos, ou melhor, 5 minutos de carro até à belíssima Smathers beach.

Chegar aqui não é nada difícil, praticamente uma rota só e certeira e muito bem sinalizada, e aí é só estacionar, que é mais fácil ainda, pois é só escolher um cantinho na estrada da praia, onde certamente haverão outros carros estacionados, mas como aqui tudo é muito bem feito, vai ver que é super sinalizado.

Entramos na praia e pronto, me deu aquele arrepio, porque eu gosto de praias animadas com vida, como Ipanema no Rio de Janeiro, pena que lá não posso relaxar, pois é perigoso, o que não acontece aqui.

A praia me conquistou logo de primeira com seus coqueiros por toda a faixa da areia, bem verdinhos e com cocos madurinhos, então, atenção com a cabeça! 😛

Mas falando sério, palmeiras e areia branca dão todo o ar de paraíso, o que não deixa de ser, pois é o que já senti nessa praia com a areia branquinha, até demais comparado com todas as outras que vi ao longo das Keys, e aí eis a explicação: No início da década de 60, a areia foi importada das Bahamas, pois a praia de Smathers foi praticamente feita pelo homem, pra ficar nessa perfeição que está hoje.

Aqui podemos encontrar praticamente tudo o que precisamos em uma boa praia como banheiros e até uns food trucks que pintam aqui de vez em quando com uns cardápios diferentes e bem diversificados.Comer, é comigo mesmo! :)

A única coisa que senti falta aqui, e também percebi que todas as Keys estão sem, são os salva-vidas, mas é só não aprontar muito que não vai ter problema algum.

Smather’s Beach é também a maior praia de Key West, cheia de atividade como quadra de beach volley, e bem movimentada, isso se nota facilmente no calçadão, que é bem vivo e animado, com pessoas correndo, andando de bicicleta e até skate e patins.

Mas na água, não é diferente, o Bruno adorou ver que aqui o “mar tá pra peixe e pra ele” porque ele ama Kite Surf, e Smather’s beach é o ponto de encontro de vários amantes e praticantes do esporte, mas também se pratica windsurf, jet ski, caiaque e até o meu favorito, stand up paddle, que já até aprendi a me equilibrar! Agora, pra quem tá mais suave, pode alugar equipamento de snorkeling também.

Qualquer coisa na água é agradável nessa praia pois a temperatura fica na média de 25 ºC, e por isso é ótima e relaxante!

Bom, mas a água não é onde eu me concentro, e como a areia é fofinha, e é das Bahamas, branquinha e longa, vou aproveitar pra forrar minha canga e finalizar meu bronze Key West!

Já quem não quer se bronzear pode jogar um beach volley, mas nós não jogamos, então aluguei uma cadeira e um guarda-sol pra manter as crianças na sombra de vez em quando, o que é ótimo e não é caro.

Adorei a praia, pois é super segura, acolhedora, ambiente familiar e mesmo que tenha a fama de praia de Spring Break, ela é sim uma praia perfeita pra se frequentar em Key West.

Smathers beach Key West Florida

Smathers beach Key West Florida

Key west - Florida

        Higgs Beach

Depois de aproveitar muito bem Smathers Beach, não poderíamos deixar de ver se realmente é a melhor praia de Key West e conhecer o que mais tem de praia boa por aqui, e aí, como ouvimos falar bem de higgs Beach, que não ficava muito longe, pegamos o caminho e pronto.

Pra chegar é só seguir pela Highway A1A, que é a mesma que a Roosevelt Boulevard, e entrar em seguida na Bertha Street, nós saímos lá, não tem outro caminho, e pronto, virar a esquerda na Atlantic Boulevard, leva aí uns 5 minutinhos.

Chegamos aqui em Higgs beach, que é uma praia menor, mas pelo que percebi, muito bem frequentada e super agitada. A praia tem uma faixa de areia ampla, dando um bom espaço pro pessoal ter onde deitar e curtir o sol.

Percebi também que é uma alternativa excelente pra quem quiser fugir de Smathers beach quando ela estiver cheia e vir pra cá, pois também possui onde jogar beach volley, comer, isso mesmo! Essa tem um restaurante com uma vista linda, de frente pro mar.

A areia é bem branquinha e a água limpa também, o que escurece são as algas, mas isso é super comum nas Keys, mas tudo é limpo e dá pra mergulhar tranquilo. E se podemos até comprar ou alugar equipamento pra Snorkeling em uma barraquinha muito “interessante” com um vendedor bem bacana que vende de tudo!

Ao longo da praia há muitas palmeiras embelezando o lugar e fazendo uma sombrinha perfeita pra deitar em uma rede e relaxar o dia todo, só esperando o pôr do sol pra assistir de camarote.

Se não quiser rede, pode alugar umas cadeiras no vendedor bacana que eu mencionei, ele tem de tudo!

A praia também é ótima pra quem tem cachorro, porque é permitido trazê-los aqui e tem até bebedouros pra mantê-los bem hidratados! :)

É um ambiente bem familiar, mas a única parte negativa é que não podemos quase nunca usar as mesas de concreto pra piqueniques porque ficam cheias de mendigos.

Higgs beach key west

Foto @Expedia

Higgs Beach key West

        Zachary Tailor State Park

Depois de ver que Key West é o melhor ponto das Keys, em termos de praia, estávamos certos de que vimos o que tinha de melhor, mas então fomos surpreendidos quando vimos fotos de uma praia em Key West muito linda e não tínhamos ido ainda.

Não poderia ser, tínhamos que conhecer essa praia, e aí fomos até ela, no Fort Zachary Tailor, onde entramos e andamos pelos pinheirais bem verdes até chegarmos à praia, e que praia é essa?!

Realmente posso afirmar que essa tem a mistura da beleza de cada praia pelas quais passamos, pois é um pouco extensa, tem areia branquinha, suave e fina e uma água cristal azul turquesa com um verde esmeralda ao mesmo tempo que me encantou e conquistou o nosso coração sem fronteiras!

A praia fica em uma localização onde o Golfo do México se encontra com o oceano Atlântico, e é a praia mais ao sul de todos os Estados Unidos!

Aqui o fundo do mar tem um coral lindo com uma parte rochosa onde podemos ver uma vida marinha tropical incrível com equipamento de snorkeling, que podemos alugar.

A praia é completa, com equipamentos pra aluguel, banheiro, chuveiros e tudo limpinho, e até uma lanchonete, a Cayo Hueso Café, com lanches ótimos.

Mas se tiver sua própria comida, pode usar a churrasqueira da praia, está disponível pra nós frequentadores.

Posso dizer que guardamos o melhor para fechar com chave de ouro, e como dizem os americanos “Save the best for the last”.

Zachary Taylor beach Key west

          Dry Tortugas National Park

 

Dry torturas national park key west Dry torturas National Park

E aí, curtiu, né? Qual dessas praias faria você largar tudo agora e vir pegar um bronze ou dar um mergulho nessas águas quentinhas? Deixe nos comentários!

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You may use these HTML tags and attributes:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>