Ilha de Porquerolles, paraíso da Côte d'Azur na Riviera Francesa

ile de Porquerolles

Há mais de 10 anos, quando eu tinha uns 12-13 anos, vim para Porquerolles durante um cruzeiro de veleiro pelo mar mediterrâneo. Na época, estávamos em um grupo de 7 adolescentes, sem os nossos pais, em um barco de 15 metros viajando durante 10 dias através dos ventos e dos mares. Uma experiência incrível que nos levou até Porquerolles e outras ilhas e cidades lindas do litoral sul francês.

Desta vez, voltei com meus dois filhos, a Ella e o Noam, e minha querida mãe para uma viagem em família, mais de 14 anos depois. Se habitualmente viajamos sempre em família: Bruno, nossos filhos e eu, desta vez aproveitei a carga de trabalho do Bruno e da preparação do seu evento Empreenda Sem Fronteirasmaior evento de Marketing Digital do Brasil – para aproveitar um pouco a companhia da minha família e do verão europeu. Principalmente do verão europeu.  Quem me conhece já sabe que onde tem sol e calor, eu estou sempre marcando presença! 😉

De São Paulo, fomos diretamente para Barcelona e em seguida para Perpignan, cidade do litoral sul da França, há uns 40 km da fronteira espanhola. É daí, da nossa casa de praia, que saímos rumo à belíssima região da Provence, seus vilarejos classificados “mais lindos da França”, seus campos de lavandas e suas praias lindas. Desta viagem pela Provence, Porquerolles foi o penúltimo destino e o mais esperado. E não é por qualquer razão: vim reviver aqui meus 12 anos de imprudência, quando ainda a vida era feita de brincadeira e de viagem entre amigos, comendo o que tinha mas que era uma época gostosa e que aproveitei muuuito bem, e claro, a ilha me fez reviver estes momentos.

 

____________Sobre____________

L’Île de Porquerolles ou Porquerolles como a chamamos normalmente na França é uma ilha pequena de apenas 12km² que faz parte das ilhas de Hyères, e também do Parc National de Port-Cros e Île du Levant e fica a apenas 20 minutos de ferry do continente e também da quase ilha de Giens.

Ilha de Ouro, elas são preservadas e classificadas desde os anos 90. Como é uma área preservada, já fique logo sabendo que a pesca aqui é extremamente proibida, então nem tente!

A ilha, como eu disse, possui cerca de 12 km² sendo que no lado sul ela é repleta de uma costa rochosa e alguns precipícios que possuem umas vistas espetaculares e são acessíveis através das trilhas, que aliás, recomendo muito.

Já o lado norte é onde estão as praias e também por onde chegam os barcos de turismo, a maioria valeiros ou yacht. É também la que a maioria dos turistas ficam disputando – entre julho e final de agosto – um espacinho nas areias que são espremidas entre a vegetação e o mar, que é incrivelmente lindo.

Fora a temporada estival de junho a final de agosto que recebe cerca de 8000 turistas por dia, o que dá um contraste ao saber que a ilha possui apenas 340 habitantes ao ano.

Por uma questão de preservação, não circulam carros a não ser os carros para serviços da cidade como carregamento para empresas locais ou alguns hotéis. O principal meio de transporte é então a bicicleta que se pratica em caminhos de terra.

 

_______ Clima – quando ir _______

clima ilha de porquerolles

Informação @Partir.com

 

A primeira vez que fui na ilha de Porquerolles era um mês de abril. Já na época tínhamos pego dias de sol e de calor. É que na parte sul da França, apesar de ainda estar na primavera, as temperaturas são dignas do verão voltando aos 25 graus.

Durante o verão, final de junho – final de setembro, as temperaturas são mais altas e se aproximam dos 30 graus cotidianamente. Quando fomos no final de junho fazia 37 graus.. na sombra! Agradável, né!? Rsrs

A melhor época para conhecer a ilha é entre abril e setembro, durante o que chamamos da “estação” turística. Durante esses 5-6 meses, será certo achar uma ilha prestes a receber os turistas com lojas e restaurantes abertos.

Como a maioria dos destinos de praia europeus, o ideal para conhecer o litoral  é em junho e em setembro, fora das férias escolares de verão. Isso é valido para todos os destinos turísticos da Europa.   Porém, se preferir pegar dias mais longos e mais quentes, pense em visitar a ilha durante os meses mais quentes (e caros) de julho e agosto.

 

 

__________O que fazer_________

Apesar da ilha estar pequena, há inúmeras atividades desde mergulho, passeio de barco, até mesmo trilhas com guias ou ainda descanso total numa das praias paradisíacas à aparência de Sardenha com aguas azuis e tom Caribenho.

               Descansar sempre I Praia 

Há algumas praias na ilha, principalmente na parte norte onde estão mais concentradas, pois a costa sul é bem mais rochosa e é mais adequada pra mergulho.

Agora, as praias são extensas e super agradáveis, normalmente com muita vegetação em volta porém o melhor delas é que a água é simplesmente super cristalina.

Há ainda alguns pontos que a água é tão limpa que parece ser quase invisível, apenas sabemos que está lá porque o sol reflete nela.

Olhe só algumas das principais praias da ilha:

ilha de porquerolle Provence

ile de porquerolles  Ile de porquerolles

ilha de porquerolles

ile de porquerolles Provence

 

As praias que podemos aproveitar um lazer sem preço e sem igual são 5 aqui, onde há muuuita água clarinha, é sério, sem nenhum exagero, água e mar azul turquesa.

Muita gente acha até que a França não tem isso, mas chegando aqui em Porquerolles e indo à praia, vai se deparar com um cenário paradisíaco como na Plage Notre Dame que é uma das mais visitadas e é cercada de árvores por todos os lados com muuita gente pegando um bronze.

O lugar é simplesmente o máximo e perfeito pra crianças e pra um bom descanso na sombra mas se é pra mergulhar, esse é o lugar ideal, além da praia ser decorada com barquinhos logo na frente, lindo mesmo, mas também com barquinhos e incrível pra mergulhar é a Plage de la Courtade, apesar de ser mais conhecida por suas flores.

Não apenas as flores lindas mas aqui também é possível encontrar areia beeem branquinha e fina que é tão gostoso ao pisar e sentir o cheiro do eucalipto que é identidade do lugar.

Mas pisando nessa areia, com essa água ao redor, cheirinho de eucalipto, flores ao lado esquerdo e uma vista linda do Forte Sainte Agathe, aí os flashes são simplesmente espetaculares.

Agora, também é bom curtir uma praia calminha e deliciosa mas com um pouquinho mais de “civilização” então é com isso que indico ir até a Plage d’Argent onde mesmo com mais pessoas frequentando, ainda assim é limpinha.

O melhor nessa praia é que tem um restaurante com um terraço sob a areia, comida espetacular e deliciosa com uma vista sensacional do mar e das pessoas curtindo um dia de sol, o que já é mais raro na Plage du Langoustier, onde podemos ir caso o desejo seja ir até uma praia mais selvagem.

Aqui a areia é mais escura, tem muita rocha e vegetação “selvagem” mesmo mas garante um sossego total pra quem quer curtir uma certa privacidade, e o único sinal de vida aqui é o forte du Langoustier.

Já mais ao sul vamos pra um lado beeem mais selvagem mas não tão convidativo pra banho de mar, porque a faixa de areia é quase inexistente aqui mas tem um pedacinho com umas espreguiçadeiras gostosas pra relaxar!

Ahh como é gostoooso curtir a brisa do sul da França aqui ao som do vento nas árvores, eu amo e muuuito! :)

              Calanques e Trilhas  

Para quem é preparado e até para os iniciantes voluntários, há inúmeras trilhas pra se fazer na ilha, descobrindo caminhos levando para a incrível riqueza da fauna e da flora e, por recompensa para as famosas calanques: baías naturais de água salgada aos lados escarpados. As calanques são encontradas apenas no mar mediterrâneo e principalmente no litoral de Marseille. Se são incríveis em Marseille e Cassis, as calanques de Porquerolles são ainda menores e menos grandiosas mas valem ser vistas. Assim, não perdemos a chance de conhecer as calanques de l’indienne, du Bregançonnet, Porto Fino e Finet entre outras.

Calanques - Provence

 

              Bicicleta 

Tomara que tenha aprendido a andar de bicicleta pois aqui esse será o meio de transporte principal a não ser que queira andar a pé.

Eu aluguei logo uma que tem até carrinho atrás onde podemos colocar as crianças, e pronto, coloquei e dormiram que foi uma beleza, e é super prático poder ir e vir em todos os lados da ilha de bicicleta.

Há também bicicletas pra crianças, e olha só, eu já cansada e exausta e uma menininha de uns 4 anos pedalando com todo o gás, me senti mal rsrs.

O valor do aluguel das bicicletas é de 12 a 15 euros pelo dia inteiro.

Ile de porquerolles

              Outras atividades 

Sabia que aqui também podemos fazer mergulho? Tem como fechar passeios pra conhecer a vida marinha e até passear de barco com guias pra conhecer melhor a área.

Aqui eles vão explicar tudo sobre as mais de 2000 espécies de vida que há nessas águas, além de podermos ver até flamingos.

A ilha é exatamente rica em fauna e flora como Ilha Grande no Rio de Janeiro, viu?!

Como um teletransporte ao Caribe Francês, um pedacinho da França que é tão paradisíaco que nos leva a uma viagem que nem parece ser próximo a uma Europa e sim um paraíso onde podemos nos apaixonar com uma natureza exuberante.

_________Onde comer_________

Bem na entrada da cidade é super fácil encontrar restaurantes, por toda parte, então não vai ter problema algum quanto a isso, ou melhor, vai sim, em decidir em qual comer rsrs.

O importante é saber que a média de gasto vai ser de 15 euros por refeição, mas há muitos que são mais refinados e podem custar um pouco mais.

Na praia é impossível encontrar algo pra comer, então não vai ter biscoitinho globo nem esfiha não, portanto, é bom se alimentar nos restaurantes da cidade mesmo ou levar alguma coisa pra praia, mas aqui vão algumas dicas, apesar de que há muitos restaurantes que nem consegui provar todos.

                 L’Olivier

Esse é um restaurante de luxo no meio da nossa querida ilha de Porquerolles e que pertence ao hotel Langoustier.

Os pratos são repletos de inspiração de sabores que encantam paladares que experimentam uma deliciosa gastronomia mediterrânea.

Ambiente super agradável tanto a céu aberto quanto hmmm (todos querem ficar a céu aberto), com a brisa do mar e a vista das águas clarinhas de Porquerolles, e claro, cercados pelo verde com um cheirinho de comida fresquinha no ar. O apetite abre na hora!

E que tal almoçar com todo esse visual deslumbrante e um prato super bem apresentado à sua frente com o som dos pássaros e um jantar à luz de velas bem charmoso e romântico. É, qualquer casal vai querer casar de novo! :)

O menu à la carte oferece 2 entradas com 2 pratos principais, além de uma bela travessa com os melhores queijos feitos na França e claro, também 2 sobremesas, mas isso pelo valor simbólico de 155 euros por pessoa, mas claro que os pratos variam de 38 a 98 por pessoa à la carte.

Não é à toa que o restaurante está com uma estrela Michelin.

QUem quiser aproveitar é só passar aqui qualquer dia da semana, menos segundas e terças que é quando ele fica fechado.

 

l'oliver restaurant Porquerolles  restaurant l oliver Porquerolles

restaurant l olivier ile de Porquerolles

Fotos @L’Olivier

 

                 L’Escale 

 

É neste local que paramos para comer e beber, logo após nossa caminhada de alguns quilômetros segurando as crianças no colo voltando da praia mais perto, ha 2 km.  Queria dizer que o escolhemos porque era o melhor segundo o TripAdvisor ou porque ja tínhamos ouvido falar dele. Paramos aqui porque era sem dúvidas o mais “legal” e que estava diretamente na nossa frente saindo da última rua da praia.

Com o solzão e os 37 graus do dia, não pensamos muito e fomos sentar na primeira mesa disponível, ao lado de um balanço que conquistou as crianças.

l'escale porquerolles hyeres

 

 

________Onde dormir__________

Por que ficar em Porquerolles? Porque pra aproveitar bem a ilha e o que ela tem a oferecer eu recomendo entre 2 e 3 dias.  Como eu disse, a ilha é pequena mas mesmo assim é bom desfrutar de cada pedacinho e praia um pouco e até ter tempo pra fazer as atividades.

Agora, uma verdade é que aqui não há muitas opções de acomodações não, hotéis mesmo somente 3 ou 4, e o restante é tudo apartamento de aluguel por temporada, mas mesmo assim eu trouxe algumas opções.

 

Reserve AQUI o seu fim de semana em Porquerolles AGORA!

      Hotel Le Mas du Langoustier 

Um hotel charmoso , com fachada bem típica francesa, a carinha da França mesmo: autêntica e florida e uma praia semi selvagem privada. Já pensou? Prainha ali particular pra dar aquele mergulho no mar sempre que quiser.

O hotel é bem luxuoso mesmo apesar de ficar nessa ilhazinha pequena tem um ambiente super meigo e charmoso por ser afastado, sem um barulho sequer de motores de automóveis, totalmente calmaria absoluta decorada com a presença do mar simplesmente transparente.

Isso sem contar no som dos grilos à noite e pássaros pela manhã, sendo suuper relaxante pra alma.

Os quartos são bem agradáveis e charmosos com um espaço elegante e até uma suíte com banheira dupla, e o melhor de tudo são as sacadas com uma vista linda pra floresta ou pro mar, dependendo de qual lado você fica e que é o cenário perfeito pra tomar aquele café da manhã ao luxo simples francês.

O hotel oferece restaurante com um chef top de linha na culinária francesa além de um chef especial para a pâtisserie e um bar repleto de opções das mais variadas.

Já o espaço do hotel supera ainda mais com centro de bem estar com spa, onde podemos ter uma massagem inesquecível pra depois daquela caminhada na trila ou pela cidade, e o hotel ainda oferece uma piscina enorme ao ar livre que nos deixa aproveitar 100% o sol e o calor pegando um belo bronze com uma vista linda em uma atmosfera incrível.

Ele fica no meio da floresta praticamente sendo um recanto pra qualquer um relaxar e descansar à vontade, podendo cheirar cheirinho dos pinheiros e dos eucaliptos.

Agora, pra tudo isso já sabe, as diárias saem entre 135 euros e 700 euros.

 

Hotel le mas du langoustier porquerolles

hotel le mas du langoustier porquerolle

hotel le mas du langoustier PORQUEROLLE

        Hotel Villa Sainte Anne

Um hotel super agradável no coração da cidade pra quem deseja ficar aqui e ter uma ótima experiência.

Os quartos são bem aconchegantes com suítes e banheiras, possuem ar-condicionado e o hotel oferece wifi também.

Já o espaço do hotel tem um restaurante com pratos bem sasonais e típicos franceses além de um jardim lindo com eucalipto e até sala de reunião.

O hotel é adaptado pra cadeirantes e ainda aceita animais.

Os preços por noite ficam em torno dos 100 euros.

 

  Dormir em um barco ancorado no porto

 

Algo que virou super popular na França é alugar um barco amarado no porto apenas para dormir. Que seja um yacht, um veleiro ou ainda um catamarã, as opções não faltam.  Procurando no Airbnb achei umas 20 opções.
O valor da noite começa por volta de 280 reais ou seja muito menos que uma noite num dos 4 hotéis da cidade e para uma experiência memorável.
Ja pensou viver essa experiencia ?

Reserve AQUI o seu fim de semana em Porquerolles AGORA!

________Como chegar__________

Reserve o seu próximo voo aqui e ganhe pelo menos 20 reais de desconto!

Pra chegar até a ilha devemos ir até a Presqu’île de Giens, onde vamos até a Tour Fondue, e lá vamos pegar um dos barcos até a ilha em uma travessia que dura entre 15 e 20 minutos.

Os barcos saem a cada meia hora praticamente das  7h30 da manha ate as 19h.

Os bilhetes custam 19.50 euros por pessoa sendo ida e volta, porém crianças não pagam até 4 anos.

É importante saber que o estacionamento não é uma escolha, pois temos que deixar o carro já que ele não é permitido na ilha. O valor é de 14 euros por dia, portanto é só pagar pelo dia e estará lá, seguro. 😀

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You may use these HTML tags and attributes:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>