Como Viajar de graça ou gastando pouco na França

Viajar de aviao com bebe

Sabemos que todo mundo gosta de uma viagem que custe pouco, ou melhor, que possa até custar nada! Mas muita gente acha que no máximo pode conseguir um descontinho aqui ou ali mas nada tão relevante.

Ainda mais aqui na França, que pelo que ouço dos brasileiros é que aqui deve ser caro, impossível de se gastar pouco e que vai fazer um rombo no bolso. Sim, vai mesmo mas isso é a mesma coisa que acontece com os turistas que vão pro Rio, por exemplo, que pagam o táxi mais caro, comem uma feijoada que às vezes é horrível e pagam um valor absurdo de mais de 100 reais.

Enfim, são todos esses quesitos que acabam influenciando para que as pessoas achem que a França é cara e não tem opções baratas e boas.

E aí, que tal conhecer uns truques pra poder viajar bem baratinho pra cá, seja em transporte e até conseguir um alojamento com comida francesa boa DE GRAÇA ?

Bom, duvida? 🙂 Quero passar os melhores macetes pra você, então veja só algumas dicas que vão ajudar você a economizar uma booooa quantia de dinheiro ao vir pra França e até ajudar a algumas pessoas que acham que nunca poderiam vir e que vão ver o como é fácil vir e não gastar tanto, talvez até mais barato do que viajar entre cidades no Brasil, e aí, quer saber como? Veja aqui.

Reserve o seu próximo voo aqui e ganhe pelo menos 20 reais de desconto!

_____Hospedagem_____

Ficar de graça é algo que é super importante quando o orçamento tá apertado e espremido. E na minha primeira viagem ao Brasil, por exemplo, tive que utilizar esse tipo de hospedagem que eu achava que não seria tão legal mas foi. 

Ficar em um quarto só seu ou dividir, e poder escolher um nativo local principalmente aqui na França que vá ajudar você a conhecer como um verdadeiro francês vive e não deixar você sair por aí comprando queijo mal escolhido. rsrs

Ou que tal ficar na casa de alguém e até trabalhar prestando algum serviço? É possível também e é uma ótima forma de garantir um alojamento até por um período maior ou de forma que não se sinta tão mal por estar de graça.

Eis aqui duas formas pra se hospedar de forma gratuita e sem riscos:

Reserve aqui e ganhe 15 euros na sua próxima estadia!

Couchsurfing

O couchsurfing é um site que já tem mais de 10 anos na internet e sempre teve uma comunidade muito forte, mantendo encontros semanais entre membros em todas as cidades do mundo por onde faz parte e assim mantendo os membros sempre ativos e fiéis.

Usei, pessoalmente, o couchsurfing durante minha primeira viagem para Rio de Janeiro ha quase 5 anos e fiquei na casa de locais por quase 7 meses, família carioca que virou minha segunda família que ate chamo de “Família Brasileira”.  É também no site do couchsrufing que encontrei o Bruno, meu marido e o pai dos meus dois filhos.

Ele é um achado e tanto por quem tem um orçamento mais apertado pois lá nós temos como criar um perfil, verificá-lo e começar a caça por um “sofá”.

Um exemplo: Você está no Rio de Janeiro e quer vir até a França, basta entrar no site, pesquisar na cidade da França onde quer ficar, aplicando até os filtros de língua, idade e outras opções e pronto.   Logo aparece uma lista com membros, e aí é só olhar um por um, ver as fotos, ler o perfil e pronto, mandar um pedido ou mensagem. Eu recomendo fazer isso com mais de 10 ou 20 pessoas pra poder ter mais chances de ter uma resposta, além de ter mais opções, caso receba vários “sims” rsrs.

Depois que escolher é simples, basta manter contato com o anfitrião e conversar bastante pra até se sentir mais seguro quanto à viagem, afinal, é bom conhecer com quem vamos passar um tempinho.

Um ponto importante é ver as referências. Há referências positivas e negativas, e até neutras. Isso conta muito pois quem só tem positivas vai com certeza gerar mais confiança.

Um conselho é: Você pode até encontrar um Couch legal mas saiba que às vezes o anfitrião apesar de estar oferecendo estadia, isso não quer dizer que estará disponível pra sair com você, o que frustra muita gente.

Aconselho o seguinte: O site tem anfitriões e tem como selecionar na busca um filtro onde podemos escolher pessoas disponíveis pra um “café”, ou seja, essas estariam disponíveis pra nos levar pra conhecer os lugares. O ideal é encontrar uma pessoa que faça os dois! Rsrs.

E por último é bom saber que a comida não está inclusa, pois aí seria bom demais, né!? 🙂 Recomendo se oferecer pra preparar um belo prato de casa para o anfitrião, isso com certeza vai contar ponto! 😀

Já conhece o CS, o nosso querido CouchSurfing? Não? Então vai lá, acessa agora o site deles aqui e crie já o seu perfil antes de viajar! 

Hovos

Imagine só, poder ter casa e comida! Isso mesmo, falei de estadia grátis e no último ponto falei o que já era óbvio, comida por conta própria. Agora, eu vim falar de comida grátis? É de estar de brincadeira mesmo! Haha mas não, é super verdade.

A Hovos proporciona isso aos voluntários que se inscrevem e viajam pra onde quiserem, fazendo o mesmo esquema do Couchsurfing na hora da busca. Há membros pelo mundo inteiro com várias necessidades diferentes.

E claro, há também voluntários que querem viajar mais porém limitar ao máximo os gastos, e por isso a Hovos junta os dois, uma mão lavando a outra, literalmente.

Um exemplo típico é: Um francês com uma casa enorme e um jardim que deve ter alguém constantemente cuidando e ele não tem tempo. Ele posta isso no perfil e quando você busca alguém na cidade dele, a qual quer ficar, o encontra e vê que jardinagem é algo fácil pra você e terá comida e hospedagem, aí pronto, útil unido ao agradável.

Como eu disse antes, a Hovos tem membros que precisam de diversos serviços, então se você quer se tornar um voluntário, pode ser como babá, cuidador de animais, jardineiro, pedreiro, professor de línguas, enfim, há muitos tipos de serviços disponíveis.

Uma oportunidade incrível pra compartilhar experiência, aprender e conhecer uma cultura nova com uma nova perspectiva, ajudando quem necessita.

A Hovos ainda tem uma vantagem pra quem é membro, ela possui o próprio cartão SIM, pra quem quiser valores reduzidos no roaming do telefone, algo revolucionário e uma tremenda mão na roda pra qualquer viajante.

Agora, um detalhe: ela não é grátis, os valores são em duas formas:

Ao se cadastrar, você se cadastra gratuitamente, porém a cada vez que fechar com algum anfitrião, uma taxa de 10 dólares ou 10 euros deve ser paga à Hovos.  A segunda forma é pagando uma quantia anual de 25 dólares ou 25 euros e nada mais.

E aí, curtiu? Vale à pena pois ter até comida grátis, se vier à França vão adorar comer um belo de um banquete francês acompanhado  de queijos maravilhosos. 

Então, que tal deixar de ficar com água na boca e se registrar logo! É simples, comece por aqui e não perca tempo !

  Troca de casa

Eu sempre adorei viajar. É algo que está inexplicavelmente no meu sangue, no meu DNA e no do Bruno também, e nossos filhos já nasceram indo pra todos os cantos mais diversos do mundo e ficando em casas, quartos, hotéis e até mesmo no deserto.

Mas claro que casas são uma opção ótima, eu adoro pois ficar em um lar você aprende mais sobre o país, extrai muito mais da cultura local. Eu mesma quando vim pro Brasil pela primeira vez não fiquei em hotéis, eu decidi mergulhar de vez na cultura e aprender sobre ela ficando em casas no Brasil.

Agora, eu conheci pessoas, conheci o Bruno, enfim, mas não é sempre que isso vai acontecer, então imagina se você pudesse viajar pra onde quisesse e ficar em uma casa local só que de graça.  Não um quarto como o CouchSurfing, mas sim uma casa todinha pra você, seria o máximo não é?! 

Apesar de não ter tido essa experiência ainda, há uma modalidade que está ficando cada vez mais comum na França, no mundo e entre os viajantes que é o Home Exchange, ou Home Swap.

Há vários sites pra se fazer isso mas o melhor e número um hoje em dia é o Guest to Guest, que conta com mais de 300.000 casas em 187 países e aqui na França é febre. Ate que cadastrei a casa dos meus pais para poder viajar cada vez mais. 

O Guest to Guest tem até um lema que é “ Sua casa te faz viajar”, pois você está no Brasil, por exemplo e quer vir pra França, escolhe um lugar e envia solicitação de troca, até acertar as datas e pronto! Qual francês não quer conhecer o Brasil ? 

Agora, e se eles puderem viajar mas não quiserem vir pro Brasil, como faz? Acabou a chance? :NÃO ! 

É simples, o Guest to Guest possui guest points que vão acumulando conforme as viagens vão acontecendo, e até no momento da criação do perfil é possível já começar com um número alto de GP (Guest Points) que podem ser usados pra ficar gratuitamente em qualquer lugar do mundo onde tenha membro do Guest to Guest. 

Ficar na casa de uma pessoa local é  a oportunidade de pode enxergar com os olhos da cultura do país ou cidade destino e por isso é uma modalidade que todo mundo deve experimentar.

Ah! Não se preocupe, tudo é muito seguro, até porque o site conta com parceria com uma das maiores seguradoras da França e há caução  também, pré autorizada caso necessite.

Realmente maravilhoso poder economizar bem no aluguel e ter uma estadia incrível.

E aí, quer ver um pouquinho mais como funciona o Guest to Guest pra aproveitar uma temporada legal aqui na França?

Então assista:

Video guest to guest


Faça já sua conta e planeje AQUI AGORA a sua próxima viagem!

Reserve aqui e ganhe 15 euros na sua próxima estadia!

________Carro________

alugar carro Paris

Bali – Janeiro 2016 I Foto @FamiliaSemFronteiras

Aluguel de carros por todo o mundo é tão comum que hoje temos a rentalcars online onde podemos simplesmente selecionar o veículo e as datas, tudo online bem ao alcance das mãos.

Na França, nos Estados Unidos, no Brasil ou em qualquer lugar do mundo que nós viajamos é assim que fazemos, sempre alugamos carros, pois é muito mais confortável e os preços são até atraentes. 

Driive.me

Agora, já pensou em achar uma modalidade diferente de carro? Ok, vamos lá, e seu disser que já aluguei um carro por apenas 1 euro? Parece piada, não é!? Mas sabe de uma coisa ? Não é não ! 

Mas como assim? Na França e no mundo inteiro também há um problema onde os donos dos carros devem transportá-los em caminhões por algum motivo, e isso custa dinheiro, então foi aí que surgiu o Driive.me, um site onde podemos selecionar o local de partida e de destino e em apenas alguns cliques ter o nosso carro por 1 euro.

É tão simples e rápido que realmente é impossível acreditar que é verdade até conseguir ver e experimentar isso de perto, e além disso já há um seguro completo incluso no valor. 

Claro que é muito barato pra ser apenas isso pois é apenas um valor simbólico pra beneficiar a todos. Os custos com gasolina e pedágio são por conta do próprio locatário e na hora da locação há uma caução de 600 euros que é pré-autorizada, então se estiver tudo bem, nada é retirado do seu saldo. 

Nós tivemos essa experiência pela primeira vez saindo de Perpignan e indo até Marseille, no sul da França, e gastamos apenas 61 euro sendo apenas 1 para o aluguel. 

Pra fazer essa locação ainda mais barata é possível ainda juntar um pessoal pra caronas e aí todo mundo contribui, cada um com alguns euros.  Esse tipo de carona é muito comum na França e o site da BlaBlaCar é o mais popular.  

Vale lembrar que são 24 horas de locação e pra aproveitar isso é só se registrar gratuitamente pelo site do Driive.com.

O site possui 3 idiomas, francês, inglês e espanhol, então fica mais fácil de utilizar o sistema que é super simples.

E pra tudo ir certinho, lembre-se do seguinte:

  • Apenas motoristas que têm 20 anos ou mais de idade
  • Tem que ter pelo menos 2 anos de habilitação
  • Brasileiros, passaporte em mãos e carteira de habilitação sempre! 

E aí, curtiu?! Então veja só o vídeo deles:

 

Blablacar

Já na onda das caronas e da economia na viagem nada melhor do que ter alternativas no mesmo padrão e é aí onde nós franceses adoramos utilizar um dos aplicativos mais queridos na França e acredito também que no mundo inteiro.

O Blablacar é um site que conecta pessoas que querem fazer uma mesma viagem de carro. É uma forma de compartilhar um carro e as taxas. Assim, consegue gastar uns 10 a 20 euros por viagem, o que é apenas uma estimativa mas além de divertido é super barato.

Alguns exemplos na França:

Bordeaux – Toulouse 13 euros | Nantes – Rennes 6 euros | Paris – Lyon 24 euros

Alguns exemplos no Brasil:

São Paulo – Campinas 15 reais | São Paulo – Rio de Janeiro 60 reais | Floripa – Porto Alegre 60 reais

*esses custos são estimativas, pois os motoristas quem escolhem os valores.

Objetivo é reduzir despesas e hoje já há mais de 35 milhões de usuários em todo o mundo e é o mais famoso e o número 1 na França mas está já presente em pelo menos 22 países.

A reserva é feita online sem complicação pelo smartphone através da escolha dos perfis que têm a vantagem de serem verificados, e claro, dos valores, isso também conta né? Afinal, o objetivo aqui é economizar. Mas escolha bem o perfil e verifique as avaliações, não custa nada. 

Logo que reservar é só entrar em contato com o “piloto” da sua carona e marcar o ponto de encontro e cair na estrada e assim que chegar ao destino, no fim da viagem, todo mundo se avalia, então é só se comportar 🙂 

Ah! É normal que nós mulheres fiquemos preocupadas e até venhamos a preferir uma viagem com outras mulheres, então fique atenta pois o blablacar tem a opção “só pra elas” que é apenas para mulheres. 🙂

E aí, curtiu, né?! Então é só baixar no seu smartphone o aplicativo pra iOS ou pra Android

E se quiser, veja um pequeno vídeo explicativo do Blablacar:

 

Ah! Que tal ver uma pequena viagem na prática?! E olha com quem! Quer ver? Assista! 😀

 

______Gastronomia____

A França é o centro, a capital gastronômica da Europa. A comida é maravilhosa, deliciosa e muito saborosa.   Palavra de francesa um pouco chauvinista. 

Além disso os pratos são muito bem servidos com temperos que parecem mágicos no paladar, e olha que não digo isso por ser francesa mas por ser a mais pura verdade.

Como a comida aqui é referência mundial, muita gente que está no nicho da gastronomia acaba vindo estudar aqui e por isso temos tantas escolas e cursos de culinária espalhados por todo o país, de norte a sul e de leste a oeste, de pura gostosura! Seja confeitaria, carnes, peixes, enfim, todo tipo de cozinha.

Agora, sabia que tem uma vantagem? Algumas dessas escolas elas possuem restaurantes onde a comida é preparada pelos próprios alunos.  Ou seja, uma delícia ! Mas o melhor de tudo é que os valores são mais em conta do que em restaurantes tradicionais, por terem sido feito por estudantes, mas uma coisa garanto, os chefes que ensinam, eles fazem com que os estudantes dêem o seu melhor e acaba que muitas vezes até surpreendem! 😉

E aí, viu? Mais um segredinho, agora é só ir em uma dessas mais perto de onde estiver e pronto, bon appétit

E aí, prontos pra aproveitar a França a um preço inacreditavelmente acessível?

  1. Tiago Belmont says:

    A frança é um sonho antigo e normalmente consigo baratear bem as viagens, mas nunca usei o couchsurfing. Gostei das suas dicas e com certeza me fez pensar em usa-lo

  2. Luisa Galiza says:

    Nossa eu gostei demais desse post! Que bacana gente… Torna mais viável viajar né? Eu não conhecia esse Hovos,to apaixonada, quero viajar agoraaaa! obrigada por compartilhar!!!

  3. Keul Fortes says:

    Não sabia que tinha esses truques para economizar em uma viagem à França. Adorei saber! Vou contar para todos! Hahaha. Compartilharei seu post! Pois todo mundo sempre fala que é um dos lugares mais caros da Europa. Mas agora com essas dicas tão legais fica impossível não ir né?

  4. Adorei esse post! Ainda não conhecia o Hovos e o Driive.me, obrigada pelas dicas! O Bla Bla Car eu conheço, mas ainda não tinha me arriscado a usar, justamente por ser mulher, mas agora que sei da opção só para mulheres, já vou baixar no meu cel. =)

  5. Marcos Brito de Amorim says:

    Muito bons esses truques! Já conhecia alguns, porém a maioria é totalmente nova para mim. Com certeza essas dicas ajudam bastante a reduzir o preço final de uma viagem. Gostei bastante do Driive.me, a idéia é ótima. Parabéns pelo post!

  6. Mariliza Domingos says:

    Uauu que dicas ótimas para economizar, muitas coisas citadas eu não conhecia. Em minha próxima Trip vou começar usa-las, não só na França rs.. mas em outros destinos. Mto bom post bjs

  7. Julia Herling says:

    Adorei as dicas, super valiosas! Servem para viajar para a França e para outras cidades / Países tambem! Já conhecia alguns desses programas, mas já anotei a dica para dar uma olhada em outros!
    Esse tipo de post ajuda muuuito! Obrigada

  8. eiiiita… num é que dá pra viajar sem gastar?! hehehehe… dicas excelentes de como se virar na França gastando quase nada..uau.. que bacana.. vou divulgar para amigos! Parabéns pelo post.

  9. Mirela Ferraz says:

    Adorei as dicas. Não conhecia grande parte desses serviços e achei o Hovos muito interessante, sem falar na parte gastronômica que a comida francesa é simplesmente divina. Estarei viajando começo do próximo ano pela Europa e já vou tentar aproveitar algumas dicas

  10. Raquel Alice says:

    MARAVILHOSAS essas dicas e super valiosas também!!!
    Foi ótimo ler esse post antes de ir para a França (ainda vou planejar a trip pra lá haha), vou super economizar agora. Parabéns pelo post e por compartilhar essas dicas 🙂

  11. Leonardo Dantas says:

    Não conhecia boa parte desses aplicativos! Muito legal seu post. Com isso acabamos com as desculpas de que pra viajar é sempre muito caro! Ótimas opções para reduzir o custo sa viagem e com certeza ter uma viagem mais imersiva!

  12. Nossa nao conheciaa muitaaa coisa ate ler seu post, adorei cada dica, muito obrigada por compartilhar! Ja to salvandooo aquii e vou começar a usar em breve 🙂

  13. ÓTIMAS DICAS! Adorei o post, viajar e gastar pouco é o sonho de consumo de 99% das pessoas! A ideia dessas redes sociais de recepção de pessoas é realmente incrível!

  14. Livia Melo says:

    Super dicas!!! Adorei o post, pois parece impossível ir ao um lugar como Paris, por exemplo, com hospedagem e alimentação de graça em troca de algum serviço a depender da expertise do viajante! Genial!!!

  15. Nossa, tantas opções que eu nem conhecia. Esse HOVOS parece ser uma ideia muito legal! E eu ainda estava no feijão com arroz que é talvez usar um AirBnb. Obrigada pelas novas dicas.

  16. Que máximo! Confesso que nunca experimentei a maioria, mas achei as ideias incríveis. Achei o Hovos muito interessante, deu tudo certo sempre? Dicas anotadas!

    • Familia Sem Fronteiras says:

      Oi Sthefania,

      Foram todos testados e aprovados. Se for para França ou ainda para outros países, antes de viajar da uma olhada se isso não funciona também para la 🙂 É ainda a melhor maneira de economizar com a maior parte dos gastos na viagem: hospedagem e transporte.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You may use these HTML tags and attributes:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>